Documento alemão prevê colapso da UE e ‘bloco oriental’ pró-Rússia até 2040


Um documento secreto do Ministério da Defesa da Alemanha, vazado para a revista Der Spiegel, lançou luz sobre as principais preocupações de Berlim sobre uma possível dissolução da comunidade europeia, um cenário aparentemente temido na maioria das capitais ocidentais.

Intitulado Perspectiva Estratégica 2040 (Strategische Vorausschau 2040), o documento político de 102 páginas aponta seis cenários que os estrategistas de Berlim consideram plausíveis.

 Eles variam de um conflito Leste-Oeste, em que alguns países da União Europeia (UE) ficam ao lado da Rússia, para uma “Europa multipolar”, na qual alguns Estados adotam um modelo político ou econômico russo, desafiando os acordos da UE.

Um desses cenários, intitulado “A UE na desintegração e a Alemanha na posição reativa”, vê um mundo que sofre de “décadas de instabilidade”. Ele também descreve a saída de outros Estados da UE, bem como da Grã-Bretanha, e um fim para o bloco, afirmando: “O alargamento da UE foi largamente abandonado, [enquanto] mais Estados deixaram a comunidade europeia que perdeu a sua competitividade global”.

“Um mundo cada vez mais desordenado, às vezes caótico e propenso a conflitos, mudou drasticamente o ambiente de segurança da Alemanha e da Europa”, escrevem os estrategistas militares.

Outro cenário, denominado “Oeste contra o Leste”, prevê o desaparecimento da integração europeia devido à transição de alguns países da UE para um “bloco oriental”, uma aparente alusão ao grupo de Estados aliados de Moscou durante os tempos soviéticos.

Um cenário chamado “competição multipolar” prevê que o extremismo aumente na Europa, já que alguns membros da UE parecem se aproximar do “modelo de capitalismo de Estado” da Rússia. Todos os cenários, desenhados pelo Departamento de Planejamento dos militares alemães, são vistos como concebíveis até 2040.

 A integridade da Europa foi levada aos seus limites desde 2016, quando o Reino Unido optou por deixar a UE após um referendo nacional. A Grã-Bretanha, um dos centros financeiros da Europa, está preparada para sair do bloco em 2019. As negociações do Brexit, que estão em andamento, estão atualmente focadas no custo da saída, bem como no status de cidadãos do Reino Unido que vivem em outros lugares da UE e vice-versa.

Os partidos de extrema direita na França, Holanda e Áustria apelaram no passado para os votos “Frexit”, “Nexit” e “Oexit”, respectivamente.

A Alemanha, a força econômica econômica da UE, tem uma longa tradição de planejamento estratégico detalhado para cada eventualidade no continente. Tudo começou com o marechal de campo prussiano decorado Helmuth von Moltke, na década de 1850, e foi aplicado em pelo menos três grandes conflitos, nomeadamente em 1871 durante a guerra contra a França, bem como durante a Primeira Guerra Mundial, e a Segunda Guerra Mundial.

https://br.sputniknews.com/europa/201711079782032-documento-alemao-colapso-ue-bloco-pro-russia-2040/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *